Exame de acesso ao Profmat
Registra mais de 20 mil inscritos
em 11/3/2011 - 15:32

O Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (Profmat) registrou cerca de 20 mil inscritos para o Exame Nacional de Acesso ao programa que disponibiliza 1.192 vagas (17 candidatos/vaga). A maioria dos inscritos são professores das redes públicas de ensino básico, de quase todos os estados.

O presidente da Sociedade Brasileira de Matemática, Hilário Alencar, revelou que a quantidade de inscritos ultrapassou as expectativas. "O número elevado obrigou, tanto a coordenação nacional do Profmat quanto as instituições associadas à rede, a fazer um trabalho notável de organização. Isso foi determinante para o êxito alcançado na realização do Exame Nacional de Acesso, no dia 19 de fevereiro."

Segundo o coordenador da área de Matemática/Probabilidade e Estatística da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Marcelo Viana, o número comprova que existe uma demanda extraordinária por iniciativas como esta, que proporcionam ao professor da escola pública uma oportunidade rara de reconhecimento e aperfeiçoamento profissional. Os candidatos classificados no Exame Nacional de Acesso formarão a primeira turma do Profmat, cujas aulas terão início em abril de 2011.

Profmat
Recomendado pelo Conselho Técnico-Científico da Educação Superior (CTC-ES) da Capes, o Profmat é um programa de pós-graduação stricto sensu na modalidade semipresencial, coordenado pela SBM e executado por uma Rede Nacional de instituições públicas de ensino e pesquisa, no âmbito do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB).

Tem como objetivo atender professores de matemática em exercício no ensino básico, especialmente na escola pública, que busquem aprimoramento em sua formação profissional, com ênfase no domínio aprofundado de conteúdo matemático relevante para a atuação docente. O programa opera em ampla escala, com o objetivo de, a médio prazo, ter impacto na formação matemática do professor em todo o território nacional.

De acordo com o Hilário, uma das principais expectativas em relação ao programa é, a médio prazo, gerar impacto na prática do ensino de matemática em sala de aula, por meio da formação de um grupo de professores com desenvolvimento diferenciado. "O Profmat, sem dúvida, ajudará a incentivar a contribuição da comunidade da área para a questão urgente e estratégica da melhoria da formação matemática das crianças e jovens."

Atualmente, a rede do programa conta com 49 instituições associadas, que oferecem 54 polos de atendimento em todo o país. Já foi manifestado interesse de outros países da América Latina e África em conhecer a iniciativa e, eventualmente, beneficiar do seu exemplo e pioneirismo para instalar iniciativas semelhantes. "Portanto, o Profmat poderá adquirir também uma dimensão internacional", conclui Viana, que também é vice-presidente da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e pesquisador titular do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa).

Acesse a página do Profmat.


Centro de Educação Aberta e a Distância - CEAD/UFPI