UFPI ajuda os prefeitos do Piauí
UFPI acolhe prefeitos de municípios na proposta de criação de pólos presenciais do projeto UAB.
em 20/4/2007 - 11:47

Numa operação emergencial, a equipe comandada pelo professor Gildásio Guedes Fernandes, Coordenador Geral do Centro de Educação a Distância da UFPI, auxiliou os prefeitos municipais de Monsenhor Gil, Cajazeiras do Piauí, Alegrete do Piauí e Boqueirão do Piauí, nas suas pretensões de criação de Pólos de Apoio Presencial de Educação a Distância. É que o prazo de cadastramento aos cursos superiores a distância se encerra hoje, para aqueles que pretendem criar Pólos para o ano de 2008.

A forte resposta da comunidade piauiense a essa nova modalidade de educação superior pública e de qualidade chamou a atenção de vários prefeitos do interior do Piauí, e a UFPI, conforme orientação do Magnífico Reitor, professor doutor Luiz de Sousa Santos Júnior, está atendendo a todos os prefeitos que manifestam interesse na criação de Pólos em seus municípios. O importante de tudo isso é que não se cobra nada pela assessoria, segundo disse o professor Gildásio Guedes, “Já somos bem pagos pela comunidade, e o que nós devolvemos ainda é muito pouco”.

A exemplo do que aconteceu em Alegrete do Piauí, onde foi formado um consórcio reunindo 12 prefeituras municipais, diversos consórcios foram constituídos para a educação a distância no Estado. O mais recente, foi o criado por Cajazeiras do Piauí que reúne ainda Arraial, Francisco Ayres, Santa Rosa do Piauí e Tanque do Piauí, com uma população estimada de mais de 20 mil habitantes. Na foto abaixo, a reunião em Alegrete comandada pelo professor doutor Antonio Carlos de Andrade e o administrador Carlos Antonio Reis da equipe do CEAD/UFPI, com os 12 prefeitos municipais quando da criação oficial do consórcio.  

Prof. Dr. Antonio Carlos de Andrade

reuniao3.jpg
Reunião em Alegrete com os 12 prefeitos municipais.


Centro de Educação Aberta e a Distância - CEAD/UFPI