Encontro de Coordenadores da UAB
1º Encontro de Coordenadores do Curso de Química realizado na Capes terminou na última quinta (18) e contou com 15 IES
em 19/9/2008 - 10:58

A Universidade Aberta do Brasil (UAB) encerrou nessa quinta-feira, 18, o 1º Encontro de Coordenadores do Curso de Química.  Realizado na Coordenação de Aperfeiçoamento de Nível Superior (Capes), o evento reuniu representantes de 15 instituições federais e estaduais de educação superior. Entre os assuntos debatidos, estavam a implantação do curso nas diversas instituições, sua metodologia e a produção de materiais didáticos.

Durante o encontro, os participantes formaram comissões nacionais do curso, que ficarão responsáveis pela elaboração de fóruns virtuais e pela organização de duas reuniões anuais. “Com isso, conseguiremos acompanhar de perto o andamento do curso em todos os pólos”, explicou o coordenador da UAB, Celso Costa. A UAB dispõe hoje de um total de 1.114 alunos de química matriculados em 51 pólos.

Aluno do curso de química do município Pontes e Lacerda (MT), Agnaldo Márcio Rodrigues, 35 anos, acredita que encontros como esse contribuem para que as sugestões feitas pelos alunos sejam discutidas. “Eles acompanham as queixas e tentam trazer melhorias para o curso.”

UAB – Com mais de 40 mil alunos, a UAB é um programa do governo federal que visa expandir e interiorizar a oferta de cursos de educação superior por meio da educação a distância. O programa já está com 291 pólos espalhados em todo o Brasil.

Até o fim deste ano, o programa vai expandir sua capacidade de atendimento acrescentando mais 271 pólos de apoio presencial. Com isso, a UAB vai atingir a marca de 562 pólos. O número representa um aumento de 93% em relação a 2007. Ao atingi-lo, o governo terá percorrido mais da metade do caminho (67%) para alcançar a meta de 830 pólos até 2010, o que consolida o programa.

Destinado principalmente à capacitação de professores da rede pública de ensino, cerca de 90% dos cursos serão de licenciatura. Para se inscrever no processo seletivo, os alunos devem procurar as instituições de ensino superior que ofertam os cursos.

Fonte: Portal do MEC


Centro de Educação Aberta e a Distância - CEAD/UFPI